5º dia. Sta Cruz de la Sierra a Cochabamba. 520 km

A praca central de Sta Cruz é belíssima! Uma igreja Jesuíta espetacular e muitas construcoes antigas dao um ar europeu ao local. É interessante ver que as pessoas vao a praca, conversam, passeiam, levam livros pra ler, há muitas criancas, tudo muito vivo. É uma pena, mas na maior parte do Brasil nao termos a tradicao da praca como local de encontro com as pessoas do mesmo lugar que vivemos. Segundo o Bonotto, isso é culpa da rede globo que produz programas que remetem as pessoas ao isolamento do lar. Freud explica.

Ainda na saída de Sta Cruz confirmamos o que já haviamos notado e sentido na pele no dia anterior: o transito é caótico. Todos buzinam, nas rótulas a lei é quem se enfia primeiro, os carros e motos furam os sinais, onibus param no meio da pista para passageiros descerem. A única certeza que tivemos é que o pedestre aqui nao vale nada. A rua é dos carros, motos e onibus que por sinal sao pequenos. Nao vimos nenhum onibus urbano grande, ainda bem. Com a camera no capacete registramos uma tour de moto  pela cidade. As imagens sao demais! Entramos no espirito e businavamos o tempo todo. Em Roma, faca como os romanos.

As primeiras horas de viagem foram por uma estrada em direcao a Samaipata que aos poucos foi ficando estreita e levando a uma regiao um pouco mais acidentada geograficamente, mas bem tranquila de pilotar. Aos poucos a regiao foi ficando árida e entramos num trecho cheio de grandes cactos. Ali tive uma infleiz idéia. Chamei o Bonotto e falei que queria imagens perto dos cactos. Saímos da estrada e fomos de moto até embaixo de um cacto de uns oito metros. Fizemos as imagens e na saída descobrimos o erro que cometemos. Os pneus estavam cheios de espinhos. Tiramos as motos dali pra limpeza dos pneus mas já era tarde. A moto do Bonotto ja chegou no asfalto ja com o pneu dianteiro furado por um enorme espinho de cacto. Tiramos o espinho e aplicamos o motul reparador de pneus que encheu o pneu e tapou o furo. Rodamos lentamente nos primeiros quilometros para avaliar, depois voltamos ao normal. Vedou completamente.  Logo em seguida pegamos a estrada de rípio (pedras). Foram 135 km por uma estrada que nos levou até a altitude de 3.441 mt segundo uma placa que dizia o nome do local: Siberian. O frio justificava o nome. O problema maior foi que fizemos essa serra toda de rípio com uma serracao fortíssima que molhava igual a chuva. Era impossível andar de viseira do capacete fechada por conta da umidade. Além disso o campo visual ficou restrito a uns 15 metros. As pedras ficavam extremanete lisas impedindo desenvolver uma velocidade maior que 30 km/h. Depois de um bom tempo nessas condicoes fizemos uma curva e como que num passe de mágica saímos da espessa nuvem. Olhamos para trás e vimos a nuvem de neblina que estavamaos dentro, parecia cena de filme de terror. Como depois da tempestade vem a recompensa, entramos num belíssimo vale próximo a Pujos. Se fossemos montar um cenário perfeito, nao conseguiriamos tanta beleza quanto a que há no local. Cadeias de montanhas, casas antigas feitas de barro, rebanhos de ovelhas na beira da estrada, nativos com trajes típicos, pequenas vilas, a estrada percorrendo  o precipício deixando tudo aquilo a beira da estrada sem nada na frente, fantástico! Bonotto fez a festa com sua canonn. Vi ele babando algumas vezes.

A passagem mais lenta por esse vale  forcou-nos a anoitecer na estrada, obrigando-nos a fazermos  “hora extra” para chegarmos ja tarde da noite em Cochabamba. Tudo valeu a pena.

Obs: O problema mecanico apresentado pela moto do Bonotto foi desregulagem excessiva das válvulas que nos obrigaram a baixar o ritmo e ver o que estava acontecendo. O mecanico da yamaha regulou e falou para ficarmos observando o barulho do motor.

This entry was posted in Diário de Bordo. Bookmark the permalink.

26 Responses to 5º dia. Sta Cruz de la Sierra a Cochabamba. 520 km

  1. elexandroo says:

    Lindas fotos, Parabens

  2. Zezé says:

    lindas as fotos,belissima viagem,estou torcendo por vcs.
    beijos

  3. luiz carlos honorio says:

    as fotos sao fantasticas, dignas de premios,
    valeuuuuuuuuuuuuuuuu

  4. flavildo says:

    Grande Bonotto e Vantuir

    Estamos em La Paz saimos dia 15 bem cedo

    boa viagem

    Abraços

    Flavildo e Dryca

  5. Emilio says:

    rapaz, tô impressionado com as fotos.
    parabéns pela viagem.

  6. Rigon Albert Hoch says:

    Boa tarde Vantuir.
    Uma curiosidade, o Evo Morales continua cobrando mais caro a gasolina dos estrangeiros?

  7. Marcos Martins says:

    Dahe , Vava
    Nao esquece da minha encomenda uhahuaahuhauh
    muito legal as fotos, mapeia certimnho pra facilitar
    na minha viagem !!!!!!
    Um abraço

  8. Flavildo says:

    Pessoal quem esta acompanhando ..

    Estamos em La Paz, e acabamos de encontrar com Cleber e Vantuir

    todos estao bem

    Abrax

  9. Ricardo (Premiatto) says:

    Muito massa essas fotos…Que viagem Fantastica!!!
    Parabéns e Boa Viagem!!!
    Abraço!
    Ricardo

  10. Silvia Boppre Niehues says:

    Oi, Mano!

    Estamos acompanhando e torcendo sempre pelo melhor para vocês.

    Abração!

  11. Vantuir says:

    Olá pessoal. Obrigado a todos que estao postando suas mensagens. Temos lidos todas, mas nem smpre é possivel responde las. Quanto as fotos, sao tre máquinas capturando as imagens mais uma filmadora em HDV que ja consumiu tres horas de gravacao.
    Rigon, temos pago a gasolina aqui a 3,74 Bolivianos, equivalente a R$ 1,25. Nao ha sobre preco nao. Ainda bem.
    Bocao, a rota está toda marcada. Quer comprar? rsrsrs.
    Silvia, obrigado pela torcida. Está acima do esperado. A Bolívia é impressionante! Estamos bem.

  12. Marcos Papatrilha Motos says:

    BLZ Valdair, por acaso vc empresta o barbudo pra mim neste final de semana ? tem uma festa de família e gostaria de levar-lo ! resolveram o problema da moto do Bonotto ? era somente regulagem de valvulas ? um abraço e continuem firmes e fortes .

  13. Grande Vantuir!!! – Parabéns a vc e ao Bonnoto pelo projeto e essas belíssimas fotos. Como aventureiros que somos, fica difícil não acessar o site de vcs pelo menos uma vez ao dia. Vão com Deus rapaziada.

  14. Olá!
    Não os conheço mas acompanho a viagem de vcs todos os dias, tanto através dos relatos quanto através do rastreador. Sua viagem me motiva muito a fazer minha primeira trip internacional no próximo ano. Desejo tudo de bom pra vcs.

    Abs

  15. Ramon says:

    Caracas vc tomaram lanche no mesmo lugar que a gente.

  16. NelsonBad32 says:

    Boa viagem galera.
    No ano passado fizemos esse trecho (Santa Cruz a Cochabamba) pela estrada nova, dava para andar mais rápido, mas não pegamos as mesmas paisagens de vcs.
    Espero que tudo continue correndo da melhor forma possível e vcs continuem curtindo muito.
    E quanto a comida, já ficaram especialistas em bolacha e suco de caixinha?
    Abraços. ;-)

  17. neia says:

    lindas fotos, estou acompanhando todos os dias a viagem d vcs..
    bjao, fiquem com deus!

  18. Paulinho says:

    Muito legal as fotos….sucessos

  19. Alisson says:

    Salve Van… lindas imagens… é muito diferente de andar no areião da Madre??? hehehe Segue o Baile!!!

  20. Michele says:

    lindaaaaas as fotos!
    boa viagem pra vcs =D

  21. candoca says:

    fala cumiguuuuu vavá…..
    cara muito show que deus guie vcs um abraço

  22. Felipe says:

    Faaaaala Vantureba!
    Show de imagens , hein cumpadre!
    Ainda bem q alguém sabe tirar fotografias nessa dupla…hahahahaha
    Parabéns pela viagem.
    Estamos por aqui torcendo pelo sucesso de vocês.
    Abs
    F.

  23. alceu cavaleiro says:

    schou de bola muitos bons ventos e bom retorno orque a viagem sera ótima!!

  24. Hey there just wanted to give you a brief heads up and let you
    know a few of the pictures aren’t loading properly.
    I’m not sure why but I think its a linking issue. I’ve tried it in two different browsers
    and both show the same outcome.

    my web site :: dead rising 3 download

  25. technology says:

    However, these maneuvers aren’t always possible and you know that you need protection every single second
    to prevent information you are working on from a potential leak.
    Assistive Technology Tools and Resources for Learning. Keep up
    with the identical color plan through all pages of your church company site.

  26. First off I would like to say awesome blog! I
    had a quick question in which I’d like to ask if you do not mind.
    I was interested to find out how you center yourself and clear your head prior to writing.
    I’ve had difficulty clearing my mind in getting my ideas
    out there. I do take pleasure in writing but it just seems like the first 10 to
    15 minutes are usually wasted just trying to figure out how
    to begin. Any ideas or hints? Cheers!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>