Roupas e equipamentos de proteção

As variações climáticas da região nos sujeitam a uma mudança que vai de  40°C a -10°C. Pra enfrentar essa variação teremos que estar equipados com roupas e equipamentos que nos dêem conforto térmico, ou seja, suporte baixas temperaturas e ao mesmo não aqueça excessivamente nas altas temperaturas. Outro item a ser considerado de suma importância é a qualidade das roupas e equipamentos de proteção a serem usados.  O roteiro escolhido para o documentário inclui muito trecho off road e locais sem estradas, com isso estaremos mais expostos a acidentes do que numa viagem convencional, precisando estar devidamente protegidos contra quedas.

Para escolha destes equipamentos de proteçao ja estamos em contato com fabricantes para ajudarem na melhor escolha.

Jaquetas. Usaremos do tipo parca que  permitem que seja levado mais acessórios dos equipamentos de filmagem/foto, por ter mais bolsos e  por serem mais confortável. Em caso de chuva intensa evita que a água das pernas suba para a cintura molhando o equipamento de frio. Nossa escolha foi a Alpinestars Space Drystar.

Calças
Deverão ser impermeáveis e confortaveis, com proteções nos joelhos. Escolhemos a Alpinestars St5 SryStar

Botas
Analisamos duas opções: As OffRoad e as Touring. As off-road nos dão mais segurança, porém são mais pesadas, molham e são desconfortáveis. Logo as Touring de couro com membrana impermeabilizante nos garantem uma segurança boa com os diferenciais de conforto e impermeabilidade. Escolhemos a Alpinestars Web Goretex.

Luvas
Utilizaremos dois pares de luvas, uma para o frio intenso e outra para o calor intenso. Outro motivo para levarmos dois pares são as constantes perdas de luvas que ocorrem durante as viagens, um pequeno descuido poderá dificultar o restante de toda viagem. Escolhemos a Alpinestars 365 Goretex.

Capacetes
Estamos em busca de um modelo com bom custo/benefício. O capacete terá que suportar o frio intenso e o calor do deserto, sua viseira tem que ser espessa para aguentar a chuva de pedras geradas pelo veículo da frente, não poderá embaçar ou ter reflexos. As quedas serão inevitáveis, é importante que ele tenha um casco com tecnologia, como os tri-composite (três das mais nobres fibras aramidas: Kevlar®, Carbono e Fiber Glass). A aerodinâmica do capacete é muito importante para suportar as turbulências, principalmente na minham moto que tenho parabrisa, onde todo o vento é projetado para minha viseira. Não podemos esquecer de citar o peso do capacete, pois 30 dias com ele sobre o pescoço é cansativo, pode gerar dores musculares e tudo mais. Portanto o peso será outro item à ser considerado em nossa escolha. Não chegamos à um consenso e iremos viajar com capacetes diferentes, eu, Bonotto usarei capacete “onroad” e Vantuir utilizará capacete “Offroad”.

Protetores de coluna ou colete
Além de toda essa proteção citada nos itens acima estamos avaliando a viabilidade de termos proteções extras para os dias de off-road como protetores de coluna, joelheiras, protetores de pescoço, porém ainda não sabemos se o uso é aplicável em tal expedição. Creio que viajaremos sem tal proteção.

This entry was posted in Preparativos. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>