11º dia. Ruínas de Machu Picchu.

Era seis horas da manha, e ja nos chamavam no hotel que fica aos pés da montanha onde estao as ruínas de Machu Picchu. Há a opcao de subir de onibus até a entrada das ruínas, ou de subir por uma das trilhas que tambem levam a entrada, porém passando por dentro da mata e subindo quase que verticalmente a montanha. Escolhemos a segunda opcao que pareceu combinar mais com o passeio. Pagamos um preco alto por isso. Levamos uma hora e meia para chegar ao topo. Várias vezes achamos que nao seria possível, tamanha a dificuldade da subida. Ainda por cima estava muito quente e quase derretemos para chegar as ruínas sagradas dos incas.

Entrando em Machu Picchu é impossível explicar a sensacao de estar ali. Os incas construiram uma cidade no topo de uma das montanhas mais altas da regiao. Tudo organizado e impresionantemente maravilhoso.  Nao ha como nao se chocar com a visao de entrada das ruínas. É majestosa a vista das ruínas e o impacto visual desta que é uma das sete maravilhas do mundo. Tudo está extremamente preservado e isso torna impossível nao imaginar como seria viver ali, naquele lugar mágico quando ainda havia a cidade funcionando. Imaginem. Por alguns minutos apenas apreciamos e nos deixamos contagiar pela aquela alma mágica e pela energia que ainda habita naquele lugar.

 Foram mais ou menos cinco horas percorrendo a cidade dos incas explorando todos os cantos e ouvindo as explicacoes dos guias sobre toda a história daquela civilizacao. Foi fantástico e inesquecível. É um lugar para voltar mais vezes.

 Após a visita retornamos pela mesma trilha,  a pé, até Aguas Calientes, onde, enquanto almocavamos, ouviamos um grupo local tocando música peruana, ali aos pés da montanha sagrada dos Incas bebendo uma cerveja local.

Esse foi um dia perfeito no Peru.

This entry was posted in Diário de Bordo. Bookmark the permalink.

6 Responses to 11º dia. Ruínas de Machu Picchu.

  1. Lucila says:

    Eu sabia! Quando eu lesse o relato desse dia, eu ia chorar…
    Fala sério! Ficou ótimo. Não só eu, mas todo mundo que acompanha está viajando junto com vcs. E estamos na torcida!
    Parabéns pela coragem, pelo empenho. Com certeza a dificuldade da subida foi bem recompensada!
    Tragam com vcs essa magia e essa energia que captaram ai.
    Cuidem-se!

  2. elexandroo says:

    Belas imagens

  3. luiz carlos honorio says:

    e simplesmente a viajem dos sonhos, pelas emocoes vividas, e nos ficamos imaginando os seculos atraz, vivido por aqueles guerreiros que ja se foram, e tambem impressionado pelos dois guerreiros da motocicleta, parabens, vcs dignos de aplausos

  4. Rigon Albert Hoch says:

    Muito bonitas as fotos de Machu-Pichu e parabéns pela força de vontade, para subir todo aquele morro.
    Vocês utilizaram a mesma trilha dos moleques que acompanham os ônibus na descida? Não acompanharam um, na volta, para ganhar umas gorjetas dos turistas?
    Abraços!

  5. Marcão says:

    Pessoal,

    Na minha opinião vcs foram abençoados com esse dia maravilhoso de sol. Que fotos….não existem palavras para expressar o que sentimos quando olhamos para as fotos que vcs nos disponibilizam.
    Ainda bem que tem um fotógrafo nesse grupo, hehehehe !!!!!
    Parabéns a todos.

  6. SARAGAIA says:

    Parabéns pelas fotos, pelo esforço e pelo trabalho. Sou do Espírito Santo e nos encontramos por lá no mesmo dia. Gente boa, que realiza um bom trabalho de informação. Além de mandar um abraço, desejo sucesso a vocês, torcendo para que continuem a realizar viagens assim, e que continuemos a nos enconrar por aí…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>